Escolha uma Página
3 passos para se tornar um ilustrador do zero em qualquer idade

Visão Geral

Fase 01 – Fundamentos

  • Praticar os fundamentos e preencher diversos sketchbooks.

Fase 02 – Portfolio

  • Produza trabalhos, desenvolva sua voz própria e conquiste uma audiência.

Fase 03 – Produto

  • Crie sua própria história em quadrinhos, ilustre seu próprio livro, crie a arte conceitual de sua ideia, etc.

 

Confira um plano de 3 etapas no qual uma pessoa de qualquer idade ou carreira pode se tornar um ilustrador ou desenhista profissional do zero. Este guia foi compartilhado no podcast em inglês “3 Point Perspective” com os ilustradores profissionais:
  • Jake Parker (Marvel, Disney Animation)
  • Will Terry (Oxford University, National Geographic Kids)
  • Lee White (Apple, National Geographic, Disney)

Primeiro passo – Fundamentos

O primeiro passo ou etapa pode levar o tempo que for necessário. Em média de 1 a 3 anos.

Desenhe 2 horas por dia

Assista vídeos sobre os fundamentos da ilustração

Aprenda os fundamentos: perspectiva, luz e sombra, figura humana, composição, cor, como usar linhas/forma/tom.

Preencha 6 ou 7 sketchbooks de 100 páginas durante as 2 horas de desenho diariamente.

Pratique o desenho de mãos, cabeça, a figura humana, cenário, perspectiva, sombra. O sketchbook é o lugar para praticar e aplicar o que está aprendendo.

Escolha os 5 ilustradores que você mais gosta. Escolha 20 desenhos de cada ilustrador e faça uma cópia de cada desenho. Em cada cópia tente decifrar o processo do artista. Você precisa estudar os passos que levaram ao resultado final. Você não vai fazer tudo perfeitamente igual, mas vai aprender muito com a tentativa.

Procure conselhos de um professional: “estas são minhas metas, o que devo fazer?”

Muitas vezes estudantes querem ser um ilustrador infantil, por exemplo, e não buscam conhecer livros infantis e os artistas que os criaram. Se você quer ilustrar livros infantis, leia em média 5 por semana. Se você quer desenhar histórias em quadrinhos, leia os quadrinhos atuais, e não somente os clássicos. Entenda o que é popular na indústria hoje.

Compartilhe sua meta publicamente e então compartilhe seu progresso nas mídias sociais.

Segundo passo – Portfolio

Produzir trabalhos, desenvolver sua voz própria e conquistar uma audiência.

Desenhe 4 horas por dia

Assista vídeos ou aulas de nível intermediário.

Preencha 4 sketchbooks nesta etapa. Não os use para praticar fundamentos, desenhe arte conceitual e idéias para seu portfolio de acordo com sua área. Ilustrador: ideias para ilustrações ou livros infantis. Desenhista de quadrinhos: ideias para personagens, personagens existentes estilizados, etc.

Complete o desafio “Desenhe 100 Coisas”. Escolha um tema: barcos, árvores, flores, robôs, dinossauros, etc. Então desenhe 100 versões do mesmo tema. Isso ensina a não ficar satisfeito com as primeiras 2 ou 3 versões do seu desenho. O desafio também ensinar que a verdadeira criatividade vem após a eliminação das ideias mais básicas e clichês. Não há limite para ideias.

Continue estudando. Continue lendo e estudando materiais relacionados à sua area de ilustração. (infantil, concept art, animação, quadrinhos, etc)

Mídias sociais – publique os desenhos que fizer para o desafio “Desenhe 100 Coisas”. Publique seus estudos feitos no sketchbook. Neste momento, pessoas podem começar a segui-lo com mais frequência porque você não estará publicando somente desenhos de prática, você estará publicando suas ideias únicas e o que você pode trazer de novo para o ramo que você está entrando. Publique constantemente. Compartilhe seus desenhos, planos e o que está aprendendo.

Escolha seus artistas favoritos e continue a consumir materiais no ramo que você quer trabalhar, por exemplo: livros infantis, quadrinhos, animação, etc.

Preste atenção no estilo pessoal que você está desenvolvendo.

História

Comece a prestar atenção à história. No final de tudo, é a história que vai destacar o seu trabalho dos outros. Quando consumir o trabalho de outros profissionais, preste atenção no real significado da história, e não apenas nos detalhes. Eventualmente, todo mundo vai ser capaz de desenhar; a história vai destacar sua arte de todas as outras.

Por exemplo: Star Wars é sobre um drama familiar. Seja capaz de ter uma visão mais ampla da história e como ela foi contada.

Você não quer se tornar um artista que não tem nada a dizer ou contar. Cuidado para não dizer nada com o seu trabalho, ou dizer o mesmo que sempre foi dito.

Terceiro passo – Produto

Crie sua própria história em quadrinhos, ilustre seu próprio livro, crie a arte conceitual de sua ideia, etc.

Razões:

Isso lhe ensina a começar e terminar um projeto. Ter um produto finalizado, sugere que você é capaz de terminar algo. Lembre-se que é mais importante terminar um produto imperfeito do que trabalhar para sempre em um produto perfeito.

Aprenda:

  • Marketing
  • Produção
  • Como vender algo
  • Quem imprime e como imprimir algo.
  • Como concertar as coisas quando elas não saem como planejado.

Você vai adquirir conhecimento e entender o que acontece atrás das cenas.

Esta etapa serve para pegar tudo que você está aprendendo e criar algo com isso.

Participe de competições, se exponha em eventos, e participe de ideias online como o Inktober por exemplo. Apresente seu portfólio e faça o seu melhor. Isso vai ajudar você a progredir e desenvolver networking.

Continue a concluir seus projetos e então comece outro. Não comece um monte de projetos que você nunca acaba.

O mais importante é desenvolver a capacidade de finalizar e apresentar algo.

Desenvolva uma rede de contatos com pessoas acima, ao lado, e abaixo de você profissionalmente. Pessoas acima de você podem gostar de seu trabalho e compartilhar uma oportunidade. Pessoas ao seu lado podem te indicar para um trabalho ou cliente. Pessoas abaixo divulgam e consomem o seu trabalho e fornecem feedback.

Desenvolva relacionamentos com pessoas que participam do mundo que você quer fazer parte. Projetos criam uma conexão com pessoas no nicho que você quer entrar.

Estude um produto da sua área por semana. (Filmes, livros ilustrados, etc.

Originalidade vem de se estudar e combinar o que foi aprendido com outras coisas. Não pense que você vai começar a copiar outras pessoas se você estudar o trabalho delas.

Criatividade é ligar vários pontos com pontos que pessoas não pensaram. Para ligar esses pontos você precisa tê-los de alguma maneira. Se você não está criando sua poupança criativa, seus pensamentos serão rasos e você não vai ter nada com que trabalhar.